Seja bem-vindo a Fádua Sleiman

8:00 AM - 19:00 PM

Seg. a Sexta

Economia criativa – Um novo negócio
23 de abril de 2021

Economia criativa – Um novo negócio

Economia criativa segundo o autor inglês John Howkins no livro “The Creative Economy”, publicado em 2001, são atividades na quais resultam em indivíduos exercitando a sua imaginação e explorando seu valor econômico. Pode ser definida como processos que envolvam criação, produção e distribuição de produtos e serviços, usando o conhecimento, a criatividade e o capital intelectual como principais recursos produtivos.

Os negócios ligados à Economia Criativa são:

O de Expressões culturais têm um cenário amplo de atuação no setor de Economia Criativa. Artes, espetáculos, festas, festivais e feiras fazem parte desse segmento. Para quem pensa em empreender nessa área deve estar atento às novas tendências de como o setor se insere no panorama da Economia Criativa.

Os pequenos e médios empresários do setor de economia digital deverão estar aptos para atuar como terceirizados de grandes empresas para a prestação de serviços, como consultoria especializada, assistência técnica e operacionalização em diferentes áreas: radiofusão, televisão, telefonia fixa e móvel, banda larga, monitoramento e rastreamento (segurança e vigilância), desenvolvimento de software e fornecimento de equipamentos.

Texto inspirado na internet e Sebrae

Compartilhar:

Adicione seu Comentário

Arquivos

Arquivos

Nosso Whats